segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

CHEGA DE INTOLERÂNCIA NO ACRE


O sábado (22) foi tenso no centro de Rio Branco quando um grupo de jovens saiu às ruas para realizar protesto contra a corrupção no Acre. As faixas foram arrancada das mãos dos manifestantes e rasgadas por militantes da Juventude do PT, que chegaram a questionar o esforço da Polícia Militar em proteger a manifestação pacífica.

Cesário Braga, líder da JPT, em seguida se valeu de uma rede social para justificar a reação:

- Frente as Atitudes Facistas, Radicalizaremos na Revolução! Arrancaremos faixas, enfrentaremos as mentiras, desafiaremos os poderosos financiadores. Pelos 40 milhões que tiramos da pobreza, Pelos milhões de estudantes do PROUNI, por cada brasileiro e acreano que ainda não consegue lutar!

A Operação G-7 não é mentira ou ficção. O processo 0006811-75.2013.4.01.3000, que tramita na 3ª Vara da Justiça Federal, é público. O inquérito da Polícia Federal trata do maior escândalo de crimes contra a ordem tributária no Acre. Ele resultou em prisões e no indiciamento de 29 empreiteiros e secretários do governo do Acre por formação de cartel, formação de quadrilha, corrupção ativa e passiva e fraude à licitação para desvio de verbas públicas.

Apesar disso, os militantes da JPT seguem dizendo que jamais serão passivos diante daqueles que levantam faixas com mentiras. Chega de intolerância!

Comentário do publicitário Janu Schwab

"O tal Cesario Cameplo Braga caducou no "cargo" de líder de alguma coisa da JPT. Na sua fala mostra despreparo para lidar com elementos preciosos para a vida de um partido: pessoas e diálogo. É tão ingênuo que qualquer argumento que venha tentar colocá-lo no seu devido lugar corre o risco de se tornar ingênuo como ele e suas atitudes.

O problema é que essa ingenuidade tem um preço. Principalmente quando vem de um militante de um partido que está no poder e decide a vida de todos nós. O PT no poder não governa apenas para o Cesario e quem está a favor. Mas também, e deveria ser principalmente, para quem está contra: é, inclusive, uma estratégia cristã!

Das duas uma, ou o PT do Acre é permissivo com esse tipo de comportamento de PARTE da sua militância porque precisa dela ou o PT do Acre é permissivo com esse tipo de comportamento de PARTE da sua militância porque não existe parte nenhuma é tudo uma coisa só.

O problema é que essa coisa não vale mais para um partido com a história do PT - feito por gente que lutou contra a ditadura, que sofreu na mão da mesma e que batalhou pela redemocratização do Brasil.

Já deu, cara. Já foi. Perdeu. Expirou. Não cabe mais esse comportamento de guerrilha, de arapuca, de treta, de sabotagem, de queimação de filme de um governo que, vá lá, está tentando acertar - ou estou equivocado?

Não conheço o cidadão Cesario Braga. O que faz aos sábados, com quem joga futebol, não me interessa. Conheço a fama de militante transgressor e que chama para o muque, que persergue e agride, isso me interessa. Não sou fascista! Estou pedindo a expulsão desse cara do partido. Vocês deviam fazer o mesmo."

Blog: altino machado

JORDÃO: INDÍGENAS SÃO PRESOS PORTANDO MACONHA NO CENTRO DA CIDADE


A guarnição do I Pelotão da Polícia Militar de Jordão, interior do Estado do Acre, prendeu na tarde do ultimo domingo (23), três indígenas da etnia Kaxinawá portando maconha.

O trio foi abordado na Avenida Francisco Dias, no centro da cidade, durante os novos procedimentos de combate ao tráfico de drogas e a violência.

Os militares vêm intensificando as revistas, e marcando presença em vários pontos da cidade, principalmente em bares.

Adalberto Andrade Henrique Kaxinawá, 25, e Manoel Sales Kaxinawá, 28, portavam uma 'cabeça'. Já Leone Melo Kaxinawá, 33 anos, detinha de uma quantidade bem superior, equivalente a 100 gramas. Uma ‘faca de mesa’ também foi apreendida.

Os kaxinawás foram encaminhados para a Delegacia de Polícia, e estão à disposição do Delegado para os procedimentos necessários.

Kézio Araújo, do Blog Fala Jordão
falajordao@gmail.com

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

MARCUS VIANA VISITA ÁREAS ALAGADAS E DIZ QUE AINDA NÃO HÁ PREVISÃO DE VAZANTE DO RIO ACRE

unnamed (3)

O nível do rio Acre, na capital, subiu para 15.16m, na manhã desta quinta-feira e já atinge inúmeras famílias dos bairros Taquari, Airton Sena, Baixada da Habitasa, 06 de Agosto e Baixada da Usina. No Parque de Exposições estão abrigadas 182 famílias, mas esse número pode aumentar nas próximas horas.

Na manhã desta quinta-feira, o prefeito de Rio Branco, Marcus Viana, visitou as famílias nas áreas alagadas nos bairros Taquari e Baixada da Habitasa. Em conversa com os atingidos pela cheia, Viana assegurou o apoio do Município na remoção e cessão de abrigo no Parque de Exposições.

“O indicativo ainda é de subida do rio. Então nós estamos hoje com o contingente mobilizado pra fazer o socorro às vítimas da enchente. Pedi ontem o apoio do Exército para o Taquari, então no Taquari o Exército já está cuidando. Nossa equipe está mobilizada atendendo os chamados no 193. A ordem minha é manter os trabalhos 24 horas no plantão para atendimento às vítimas da alagação. Como não tem ainda indicativo de baixar o rio, nós vamos aumentar o contingente de apoio às famílias".

A prefeitura de Rio Branco e o governo do Estado deram início a uma campanha de arrecadação de alimentos e roupas para as famílias desabrigadas. Marcus Viana pede a solidariedade de todos. 

“O que eu continuo pedindo é o apoio e a solidariedade. Nós estamos com campanha de arrecadação de alimentos, arrecadação de roupas. O que as pessoas poderem ajudar através do Rio Branco Amiga e do Acre Solidário, nós vamos agradecer muito pra poder estender a mão para quem está precisando da nossa ajuda nesse momento”.

Viana visita obras na rua Francisco Mangabeira

Ainda na manhã desta quinta-feira, o prefeito de Rio Branco visitou as obras de construção de uma rede de drenagem na rua Francisco Mangabeira, no bairro do Bosque, próximo ao Campo do Vasco da Gama. O local era um ponto de alagamento durante as chuvas, mas o prefeito garante que após as obras o problema será resolvido.

Além da rede de drenagem, a prefeitura pretende construir calçadas no local. A expectativa é de que as obras sejam entregues num prazo máximo de dez dias.


Luciano Tavares – da redação de ac24horas

DIÁRIO OFICIAL DA UNIÃO PUBLICA DECISÃO DO STF SOBRE DEMISSÃO DOS 11 MIL SERVIDORES

Está publicado no Diário Oficial de quarta-feira (19) a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) relativa à Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI), relacionada aos 11 mil servidores acreanos contratados sem concurso público.

É a partir desta publicação que começa a contar a data do STF para a chamada modulação, que é o prazo de 12 meses para que o estado realize concursos e substitua os servidores irregulares.

O senador Jorge Viana (PT) publicou a notícia em sua página pessoal no Facebook e garantiu que o governador Tião Viana está tomando as providências para resolver a questão.

Viana foi um dos primeiros políticos a falar no assunto durante a quarta-feira, e em uma longa postagem via redes sociais, ele disse que felizmente o número de servidores irregulares é bem abaixo dos 11 mil e garantiu que o Estado está tomando as medidas cabíveis.


A partir de hoje, os prazos judiciais são outros. Sei que a Procuradoria Geral do Estado, que tem, com competência, defendido os interesses do Acre e dos servidores, está atenta e agindo no processo. O Tião, nosso governador, está na linha de frente e precisa do apoio de todos nós”, declarou.

O senador Viana afirmou, ainda, que está buscando parcerias para resolver a questão e reduzir os sofrimentos e a preocupação das famílias atingidas pela decisão judicial que considerou irregular a contratação dos servidores e determinou a demissão deles.

Se agirmos juntos, vamos encontrar a melhor solução e reduzir ao máximo a preocupação que atinge milhares de famílias. É uma luta justa, todos estão trabalhando e merecem tranquilidade funcional”, acrescentou.


Por Gina Menezes, Da Agência ContilNet

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

CADÊ NOSSA IRREVERENTE JUVENTUDE?


Cadê nossa irreverente juventude?


Já não ouço os gritos de protestos na ruas, os sons de violas nas praças.


Cadê nossa irreverente juventude?

Já no ouço os sons de indignações. Não ouço mais as indagações sobre liberdade e oportunidade.

Cadê nossa irreverente Juventude?

Está dormindo, disse o poeta!

- Eles estão adormecidos com a falsa sensação de liberdade e alienados no êxtase do prazer! Dormem, porque o sistema os aprisionou! Aprisionou suas mentes e os tornou prisioneiros das coisas, das sensações imediatas, das tecnologias e ficaram cegos! Por isso eles não enxergam sua submissão e escravidão!

Cadê nossa irreverente juventude!

Novamente disse o poeta

- Já disse! Estão dormindo e sonhando com o falso mundo que os capitalistas criaram. Um mundo de “prazer”. Depende dos que ainda estão acordados para acordarem aqueles que dormem, disse o poeta.

Enquanto eu me indagava sobre o que o poeta havia falado! Ele, apenas, com um sorriso meigo ( Nessa hora pensei: o poeta me dirá o que devo fazer). O poeta fitou seus olhos no fundo dos meus e, apenas, citou uma frase da Canção “Tempo perdido” da Banda Legião Urbana, que diz: Sempre em frente, não temos tempo a perder... 


J.GOMES.

VACINA CONTRA HIV DEVE SER TESTADA EM HUMANOS NO PRAZO DE 3 ANOS


A vacina desenvolvida pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP) contra o HIV, o vírus causador da aids, deverá começar a ser testada em humanos em três anos. A informação é do pesquisador que coordena o projeto da vacina, Edecio Cunha Neto.

“[Um novo] estudo com os macacos deve acontecer dentro de uns cinco meses. É o tempo para a gente desembaraçar uma área de maior segurança. Esse estudo vai demorar de 20 meses a 24 meses. A partir desse momento, nós já poderemos fazer estudos em humanos. Isso significa que o estudo em humanos vai ser em uns três anos”, disse, em entrevista a Agência Brasil.

De acordo com o coordenador, o estudo em humanos servirá para avaliar se a vacina é capaz de apresentar uma resposta imune eficaz e se é segura.

A vacina, desenvolvida em parceria com o Instituto Butantan, já foi testada, com sucesso, em camundongos e em quatro macacos rhesus. O resultado obtido com os primatas surpreendeu os pesquisadores. “Fizemos esse teste piloto com um pequeno número de animais, com metodologia de vacinação que a gente imaginava que iria dar [certo] ou uma intensidade de resposta semelhante ou até menor do que a gente viu em camundongos. E a nossa surpresa foi que a resposta foi muito maior”, destacou Edecio.

Dos quatro macacos testados, o que obteve pior resultado apresentou resposta quatro a cinco vezes maior do que a dos camundongos. O que respondeu melhor teve uma intensidade de resposta dez vezes maior. “Isso foi algo inesperado para nós, e foi alvissareiro [promissor]. Foi alguma coisa que nos estimulou a continuar trabalhando com o material.”

Segundo Edecio Cunha Neto, o diferencial da vacina, em relação a outras em análise, é que ela tem como alvo partes do vírus que não se alteram na transmissão entre indivíduos. Segundo o pesquisador, um dos grandes problemas de se fazer uma vacina contra o HIV é que o vírus tem uma variação muito grande: seu genoma pode variar até 20% entre dois pacientes.

“A maior parte das vacinas experimentais hoje, em teste contra HIV, tanto em nível experimental, quanto em nível de teste em humanos, usa as proteínas inteiras do HIV como alvo. Nós não. Nós fizemos uma espécie de desvio para forçar que a resposta imune seja feita com determinadas regiões [que têm característica de não variar]. Temos um pacote que são 18 fragmentos do HIV, que têm essas capacidades [de não variar]”, explicou.

Na próxima fase de teste, com macacos, deverão ser usados 28 animais. Para injetar os genes dos fragmentos do HIV, nos primatas serão usados vírus atenuados, como os das campanhas de vacinação. Dessa forma, espera-se que os macacos desenvolvam uma reação imunológica contra os fragmentos – que não variam – do HIV.


Agência Brasil

terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

IFAC OFERECE CURSO PRÉ-ENEM GRATUITO PARA RIO BRANCO


O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Acre – IFAC está com as inscrições abertas no período de 18 a 22 de fevereiro para o processo seletivo do Curso Preparatório do Exame Nacional do Ensino Médio (PRÉ–ENEM) – Eureka. São 120 vagas gratuitas para Rio Branco disponíveis no Sistema Presencial Virtual (EaD) nos Câmpus Rio Branco (bairro Xavier Maia) e Câmpus Avançado Baixada do Sol (Sobral).

As aulas vão acontecer de segunda à sexta-feira, das 17h20 às 20h30, iniciando no dia 10 de março seguindo até novembro.

Podem concorrer ao Curso Preparatório pessoas que tenham concluído o Ensino Médio até dezembro de 2013 ou estar cursando o 2º ou 3º ano do ensino médio (comprovado por meio de documentação) ou ainda quem tiver concluído o ensino fundamental e apresentar declaração de que deseja obter a certificação do Ensino Médio por meio do ENEM.

As inscrições são online pelo portal de Processo Seletivo do IFAC (http://selecao.ifac.edu.br) até o dia 22/02. A Diretoria de Ensino do Câmpus EAD aproveita para sugerir que os interessados utilizem os navegadores Mozilla Firefox e/ou Google Chrome, evitando transtornos no acesso online.

No dia 24/02 será divulgada a lista preliminar dos inscritos. O sorteio das vagas será no dia 27, às 15 horas, nos respectivos câmpus. O resultado será divulgado dia 28 e as matrículas deverão ser efetuadas dias 06 e 07 de março na Coordenação do Registro Escolar do Câmpus para o qual o candidato se inscreveu, nos horários das 8h30 às 12h, das 14h às 17h30 e das 19h às 21h.

Com informações do IFAC

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

É PATÉTICO, MAS AINDA SINTO SUA FALTA!


Já faz algum tempo! Mas ainda sinto sua falta. Já faz algum tempo, mas ainda fico triste por sua causa. 

lembro-me como se fosse hoje. Eu tentando demostra meu carinho, meu amor e afeto de forma poética e patética. 

Lembro-me como se esteve-se ocorrendo nesse estante! Eu sem jeito e você falando, falando e eu não entendendo nada, porque meus pensamentos estavam além, imaginando nós dois. Erá tão bom sentir a sensação de está ao lado do seu grande "Amor". Hoje me parece tão patético, tão patético.

Hoje o amor me parece tão patético, mas gostaria que você ainda esteve aqui! Sinto falta de ser patético! (Mas que patético eu sou!). Não! acho que é apenas uma pequena chama que restou aqui dentro que está falando. Uma pequena chama, chamada amor! ( É patético eu sei!). Já faz algum tempo, mas ainda fico triste por sua causa.

J.Gomes

MADEIRA TRANSBORDA NA BR-364 E DEFESA CIVIL PODE INTERDITAR RODOVIA A QUALQUER MOMENTO

A cheia do rio Madeira pode levar a Defesa Civil do Estado de Rondônia a interditar a BR-364, durante a noite, no sentido Porto Velho/Rio Branco, nas proximidades de Jaci Paraná. Isso porque o rio transbordou e já atinge as pontes da rodovia, no trecho que fica após a balsa do Madeira. A informação foi repassada pelo presidente da Associação Comercial do Acre, Jurilande Aragão, que mantém contato diário com a Defesa Civil do Estado vizinho.

A Defesa Civil está preocupada com a travessia de veículos principalmente de cargas e aconselha que pelos menos por enquanto as pessoas evitem ir para Porto Velho.

“Na balsa ainda não há problema com a travessia, mas nas pontes os caminhões atravessam muito lentamente para evitar qualquer acidente. Se continuar subindo o rio, eles irão fechar. Porque de dia tudo bem você tem a visibilidade, mas a noite deve fechar”, informa Aragão.

Para evitar um possível racionamento de gêneros alimentícios e combustíveis, o presidente da Acisa está sugerindo a união de forças políticas dos dois estados com o governo federal.

“A gente não tem ainda a dimensão. Só que o plano emergencial quem deve ter é o governo pra buscar uma alternativa. Mas a gente já pensa naqueles aviões Hércules que transporta três, cinco caminhões dentro, mas não vamos alardear. Só que se continuar aumentando o nível do rio, a coisa vai ficar ruim. Porque o problema não é na balsa é no transbordamento do nível do rio nas pontes”, completa o presidente da Acisa.


Luciano Tavares – da redação de ac24horas

TARAUACÁ: PRA ONDE VAMOS?

A vida da gente é dinâmica, enigmática, surpreendente, com derrotas e vitórias diárias que nos permitem passar por um processo de amadurecimento natural.
O novo e o velho, o bem e o mal, o sagrado e o profano, o certo e o errado, se confundem nessa dialética da guerra pela satisfação de viver.

O lixo produzido pela atual forma dos homens conduzirem a política permite com que uma grande maioria sofra muito enquanto poucos usufruem das alegrias que deveriam ser coletivas e reais.

Muita gente fala em ética, moral e família, com um cinismo impressionante.
Políticos roubam o povo descaradamente enquanto pastores e padres transam com crianças.

Ética é falar e agir com base no que diz pensando sempre nos nossos semelhantes e não somente no próprio umbigo.
A humanidade já passou pelo primitivismo, escravismo, feudalismo e, atualmente o capitalismo.

Resta saber qual será a nossa próxima forma de organização.

Uns defendem o socialismo, outros querem humanizar o capitalismo, fala-se numa sociedade cristã e até a possibilidade da chamada barbárie.

Alguém um dia falou que as desigualdades sociais começaram quando o homem cercou o primeiro pedaço de terra. Outros disseram e dizem que as desigualdades são vontade de deus.

O fato é que as pessoas estão cada vez mais priorizando o eu em detrimento do nós.

Em Minha cidade já fazem alguns anos que o povo não encontra motivos para se alegrar.
O poder que deveria ser dividido com o povo e suas organizações, histórica e legalmente se concentra em um núcleo chamado de prefeitura, nas mãos de um prefeito e um grupo de pessoas que o elegeram para gerenciar os recursos resultantes da força de trabalho do povo.

A impressão que se tem é que isso nunca deu certo. A história prova isso.

Nenhum prefeito ou prefeita conseguiu a façanha de alegrar o povo na suas mais simples necessidades.

Mas, esse é o mundo real em que vivemos e não vai mudar assim tão derrepente.

Então vamos encara-lo com coragem, união e sabedoria.

Boa semana para vocês.


Raimundo Accioly